Inep divulga perfil dos candidatos do Enem 2019

179

Assim como nos anos anteriores, a maioria é mulher e se autodeclara parda

Por Taís Ilhéu



16 jul 2019, 13h31

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou ontem o levantamento do perfil dos candidatos do Enem 2019, feito a partir dos dados das inscrições. Assim como nos anos anteriores, a maioria dos candidatos é mulher e representam 59,5% do total de inscritos. Os dados também mostraram que 46,4% se autodeclaram pardos, seguido de 36% brancos, 12,7% pretos, 2,3% amarelos e 0,6% indígenas. 

Embora o exame seja voltado principalmente a quem está concluindo o Ensino Médio, o Inep também chamou a atenção para o percentual de pessoas com mais de 30 anos que farão a prova: eles representam 11,6% do total. Além disso, há também aqueles na faixa etária menor do que a esperada, os treineiros. Eles equivalem a 12,1% dos inscritos e geralmente fazem a prova para testar os conhecimentos e começar a treinar para os anos seguintes. 

O estado com maior número de inscritos foi São Paulo, seguido por Minas Gerais, Bahia e Rio de Janeiro. 

Isenções

Em comparação ao ano passado, o número de pessoas contempladas com a isenção da taxa da prova (de R$ 85) foi menor, apesar de ainda representar mais da metade do total de inscritos (58,5%). Em 2018, 63,9% dos mais de 5,5 milhões de inscritos não pagaram. No entanto, é importante lembrar que tanto o número de inscritos quanto de pedidos de taxas de isenção caíram nesta edição.

Enem 2019

As inscrições para o Enem estiveram abertas entre os dias 6 e 17/5 e, ao todo, 6.384.957 pessoas de todo o Brasil se inscreveram — o menor número desde 2011. Em 2014, o exame chegou a contar com 9,4 milhões de inscritos.

Assim como no ano anterior, a prova ocorrerá em dois domingos. No primeiro, 3/11, serão aplicadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e a Redação. Neste dia, os portões serão fechados às 13h e a prova vai até as 19h.

No segundo dia, 10/11, os candidatos responderão as questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. Na entrada, os portões fecham no mesmo horário, mas a prova vai até as 18h30.

Desde que foi criado pelo MEC em 1998 para avaliar o desempenho dos estudantes ao final do Ensino Médio, o Enem é usado como alternativa ou complemento dos vestibulares por muitas universidades brasileiras. A partir das alterações implementadas em 2009, o Enem passou a substituir o vestibular das universidades federais e de outras instituições de ensino públicas e particulares, além de escolas de ensino técnico.

Alguns programas em que as notas do Enem podem ser usadas para conseguir uma vaga na universidade são o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o Programa Universidade para Todos (ProUni). Para quem quer receber um empréstimo, o programa parceiro é o Fundo de Financiamento ao Estudante de Ensino Superior (Fies).

Outras informações podem ser encontradas no edital do Enem 2019.

Fonte: Como Passar em Medicina

Comentários do Facebook
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

CommentLuv badge

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.