Questão comentada sobre ondulatória e efeito Dopller, do Pism

Avalie esta postagem

 (Ufjf-pism 3 /2017) Pedro é músico e estudante de Física. Certo dia, Pedro estava no alto de um palco afinando seu violão. Ele usava um diapasão em Lá fundamental do piano que vibra com uma frequência de 440,00 Hz.
Por um descuido, Pedro inadvertidamente deixou o diapasão cair. Ele, que tem um ouvido muito bom, percebeu que enquanto o diapasão caía, o som percebido se alterava para frequências diferentes daqueles 440,00 Hz que ele estava ouvindo antes. Muito curioso, Pedro resolveu determinar a frequência do diapasão percebido por ele, no instante imediatamente antes de o diapasão tocar o chão. Para isso, ele mediu a altura de queda em 1,80 m e considerando a velocidade do som no ar como 330,00 m s, ele chegou a um valor de:
A) 438,15 Hz
B) 432,14 Hz
C) 332,12 Hz
D) 330,00 Hz
E) 324,10 Hz

Resolução:
Por Torricelli, determina-se a velocidade que o diapasão atinge o solo.
V2 = Vo2 + 2a.DS
V2 = 02 + 2.10. 1,80
V2 = 36   ⇒ V = 6 ms

Utilizando-se a expressão do efeito Dopller, determina-se a frequência aparente:
 Veja também:
– Questão comentada sobre ondas eletromagnéticas, da UECE 2017.
– Questão sobre forno de micro-ondas, do Enem



Fonte: Como Passar em Medicina

Comentários do Facebook